DAILY MAIL: Processo contra Usher e Justin Bieber por causa de 'Someboy To Love' é reaberto

23 Abril 2016
Escrito por 

Em um novo relatório publicado esta semana pelo site Daily Mail, informações do andamento de um processo antigo envolvendo Justin Bieber foram divulgadas - o cantor canadense e Usher vinham sendo processados desde 2014 por violação de direitos autorais por conta da música "Somebody To Love" - e agora, apesar de terem marcado uma vitória no primeiro processo, os músicos que acusam Usher e Bieber retornaram à justiça exigindo uma indenização.

Confira detalhes na matéria traduzida abaixo:

Justin Bieber é acusado de ignorar dois depoimentos agendados na batalha legal, acusando o cantor de roubar uma música para seu hit "Somebody To Love".

Ele alegou que não poderia sentar num depoimento e falar por horas e horas, porque ele tinha que descansar sua voz para um show mais tarde naquela noite.

Agora os artistas que estão processando o cantor, estão exigindo ao juiz uma quantia de $10 milhões (aproximadamente R$35 milhões), porque Bieber e sua equipe continuam a brincar de "jogos sujos legais."

Em 2014, Bieber, 22, e seu mentor Usher, 37, marcaram uma grande vitória em uma ação judicial, na qual os acusava de roubar uma música para seu hit "Somebody To Love". Um juiz do tribunal federal se recusou a aceitar o processo feito por um homem chamado Devin Copeland e seu parceiro de composição Mareio Overton.

A dupla acusou Bieber e Usher de roubarem sua canção de 2008 com o mesmo nome do hit de 2010.

Entretanto, o juiz não concordou e disse que ambas as músicas não eram similares e recusou o caso.

Os músicos solicitaram outra petição seguindo a ordem do juiz e, mais cedo nesse ano, o Tribunal de Petições ficou do lado dos músicos e disse que o juiz anterior estava errado, dizendo que a canção de Bieber tinha um ritmo quase idêntico e uma melodia determinantemente similar.

O caso está agora direcionado para um julgamento, no qual Copeland e Overton estão pedindo $10 milhões em danos.

Bieber respondeu de volta às alegações, explicando que sua faixa foi uma criação original e não roubada de ninguém.

Ele disse que não havia infringido os direitos autorais da música de qualquer artista e nunca sequer teve acesso à faixa criada por Copeland.

O cantor ainda disse que se há quaisquer semelhanças, elas não estão creditadas e foi uma coincidência que ambos apareceram com uma letra igual.

Bieber alegou que sua canção NÃO é nem mesmo similar com a faixa de Copeland... E disse que os homens não sofreram nenhum dano resultado do lançamento de sua música com Usher.

Usher também alegou, no mesmo dia, que não roubou a música. Os músicos exigiram que toda a ação judicial fosse recusada com Copeland e Overton não ganhando nada.

No dia 14 de abril, os demandantes foram para o tribunal e entraram com uma sanção judicial por Bieber ignorar outro depoimento agendado.

O primeiro depoimento estava programado para 21 de março em Los Angeles. Porém, várias horas antes de começar, eles foram informados que Bieber não apareceria.

Sua equipe alegou que o cantor precisava salvar sua voz para um show mais tarde naquela noite.

Eles tentaram conversar com Bieber e reagendar o depoimento para 14 de abril na Georgia.

Bieber e sua equipe concordaram com a data. Então, um dia antes, a equipe do Bieber mandou um email para os homens dizendo "Justin não está disponível para sentar para um depoimento amanhã". Nenhuma explicação foi dada.

Scooter Braun – empresário de Bieber – também está se recusando alegadamente a discutir datas de depoimento e encontros com eles e não está aceitando serviço da papelada legal.



Curta o Bieber Mania Brasil no Facebook e receba nossos posts em sua timeline diariamente!


COMPARTILHE: 


comente!

BIEBER MANIA BRASIL

O Bieber Mania Brasil é a sua fonte número 1 e a maior sobre o cantor Justin Bieber na América Latina. Fundado em 2010, o fã site realiza um trabalho voluntário para apoiar a carreira do astro canadense e manter os fãs informados e mais próximos do cantor. Confira notícias completas diariamente em nosso site ou redes sociais.

PARCEIROS

 

   

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree