• 09
  • Mai

Se tem um cantor que está em uma ótima fase musical, esse cantor é Justin Bieber. Os hits que o canadense de 23 anos vem emplacando nos charts são um sucesso desde que o mesmo retornou com um novo álbum em 2015, depois de uma conturbada fase na vida pessoal.

JB vem emplacando hit atrás de hit, só em 2017 já foram dois, “Despasito Remix” e “I’m the One” parceria com o DJ e rapper americano Khaled. Esta semana “I’m The One” estreou em primeiro lugar na Billboard Hot 100, um feito significativo para um artista, conseguir emplacar um single na semana de estreia no topo da parada dos Estados Unidos.

Na carreira de Bieber, essa é a quarta música a alcançar o topo da Billboard Hot 100. Além da parada mais influente dos EUA, “I’m The One” também destacou-se em outros charts da Billboard e por conta de tanto sucesso, a revista fez uma matéria listando os números de sucesso da canção que também contou com o suporte da produção musical de Poo Bear.

Confira detalhes das manobras de sucesso de “I’m The One” na matéria da Billboard traduzida abaixo:

"I’m The One" de DJ Khaled , com Justin Bieber, Quavo, Chance the Rapper e Lil Wayne , estreou em 1º lugar no chart Billboard Hot 100 (da semana de 20 de maio). A mega colaboração, lançado pela We the Best / Def Jam / Epic Records, é a primeira Hot 100 número 1 de Khaled (que co-produziu, co-escreveu e gravou seus vocais) e Chance The Rapper, bem como o primeiro de Quavo, do grupo de rap Migos, como cantor solo. Bieber ganhou seu quarto No. 1 e Lil Wayne marca seu terceiro.

A canção destrona "That's What I Like", de Bruno Mars, depois de passar uma semana no topo  do Hot 100, embora ele ocupe o topo do gráfico do Radio Songs.

Como é feito todas as segundas-feiras, listamos o top 10 do Hot 100, que combina vendas, airplay e streaming. Todos os gráficos são atualizados no Billboard.com na terça-feira.

Na verdade, vamos começar com 10 tópicos dos muitos feitos alcançados com a número 1 da Hot 100, “I’m The One”.

"I’m The One" em streams e vendas : "I’m The One", lançada em 28 de abril, é a número 1 do ranking do Streaming Songs, com 53,9 milhões de streams norte-americanos na semana que terminou no dia 4 de maio, segundo a Nielsen Music. Ela também chega no topo da lista Digital Song Sales com 171.000 downloads vendidos na semana que terminou em 4 de maio. No chart Radio Songs, "I’m The One" teve a estréia da semana em 33º lugar com 35 milhões em audiência de airplay de todos os formatos na semana que terminou em 07 de maio.

Bieber ganha seu oitavo número 1 no Digital Song Sales e seu terceiro Streaming Songs n º 1, enquanto Lil Wayne alcança seu terceiro No. 1 na lista de vendas (e seu primeiro na Streaming Songs). Os outros três que interpretam ‘I’m The One” se classificam em cada gráfico pela primeira vez.

Número "One": “I’m The One” é a 28ª canção a estrear em número 1 no Hot 100. É a primeira desde Ed Sheeran com "Shape of You" no gráfico de 28 de janeiro de  2017. ("One" é a canção número 1.064º na história do Hot 100, que começou em 4 de agosto de 1958.)

Além disso, "I’m The One" é a primeira música de rap a estrear no Hot 100 desde "Not Afraid", de Eminem, sete anos atrás na mesma semana (22 de maio de 2010).

"I’m The One" também é a segunda música a estrear no Top 100 com, adequadamente, a palavra "um" no seu título: Desde 2 de Dezembro de 1995, com outros superstars, Mariah Carey e Boyz II Men com "One Sweet Day". Esta alcançou um recorde de 16 semanas em N º 1. Falando de Carey...

Bieber se torna o terceiro artista a estrear em número 1 no Hot 100 com vários títulos. Ele estreou pela primeira vez com seu primeiro líder, "What Do You Mean?" (19 de setembro de 2015). Carey lidera com três músicas No. 1 ("Fantasy", "One Sweet Day", ambas em 1995 e "Honey", em 1997), enquanto Britney Spears, como Bieber agora, fez dois desses feitos ("3" em 2009, e "Hold It Against Me", em 2011).

Bieber e Lil Wayne são os mais recentes líderes do Hot 100: Bieber e Lil Wayne são os veteranos do topo em "I’m The One", totalizando seu quarto e terceiro número 1 no Hot 100, respectivamente. Além de "I’m The One" e "What Do You Mean?", Bieber reinou em 2016 com "Sorry" e "Love Yourself". Lil Wayne liderou com "Lollipop", com Static Major, em 2008, e como destaque em "Down", de Jay Sean, em 2009.

Bieber está em sua quarta estreia: Notavelmente, Bieber já conquistou mais cinco sucessos no Hot 100 depois de seu álbum de 2015, “Purpose” ao qual ele fez um set: Seguindo um LP de números 1 com "What Do You Mean", "Sorry" e "Love Yourself", ele adicionou quatro Top fives em destaque, com "Cold Water" de Major Lazer (também com MO; No. 2); com DJ Snake em  "Let Me Love You" (No. 4); Luis Fonsi e Daddy Yankee "Despacito" (a número 3 desta semana); E agora o número 1 com Khaled em "I’m The One".

“I’m The One” é um dos poucos números 1 com cinco intérpretes: "I’m The One" marca o primeiro Hot 100 No. 1 com cinco intérpretes. Duas vezes antes, uma canção com quarto interpretes  compartilhou a liderança na lista, com  "Give Me Everything", de Pitbull com Ne-Yo, Afrojack e Nayer (2011), e "Lady Marmalade", de Christina Aguilera, Lil 'Kim , Mya e P!nk (2001).

(Ironicamente, um trecho do novo líder de cinco interpretes do Hot 100 traz Bieber cantando, “I'm the only one…”)

Mais Bieber: "Despacito" de Luis Fonsi, com Bieber, atinge um novo Hot 100, subindo de 4º para 3º lugar. Ele desce para o 2º lugar após uma semana no topo do Digital Song Sales, mas ganha 16 por cento com 100.000 cópias vendidas (com 70% de suas vendas totais com o remix de Bieber). Ele cai de 2º para 3º lugar no Streaming Songs, mas em compensação teve um aumento de 10 por cento com 48 milhões de streams. No Radio Songs, a faixa subiu de 32º para 18º (49 milhões, cerca de 30 por cento), ganhando o prêmio Airplay Gainer do Hot 100. "Despacito" lidera o Hot Latin Songs pela 14ª semana.

Mais do Bieber: Ele é o primeiro artista a colocar dois títulos no Top 100 do Hot 100 simultaneamente desde... ele mesmo em dose dupla com "Love Yourself" (n º 1) e "Sorry" (n º 3) em 27 de fevereiro de 2016.

  • 06
  • Mai

Em entrevista concedida por telefone ao site Deciber e divulgada nesta sexta-feira (05 de Maio), o produtor e cantor Poo Bear, conhecido por trabalhar com Justin Bieber em diversos hits, entre eles “Where Are Ü Now”, “I’m The One” e “Despacito Remix”, comentou sobre o lançamento de um documentário que traça sua trajetória como produtor musical e sobre o seu mais ilustre cliente, Justin Bieber.

Poo, elogiou o canadense, falando da visibilidade que o álbum “Purpose” lhe trouxe como compositor - Poo Bear é responsável pela produção de 16 das 19 canções do álbum de Bieber - e do quão grato é a Justin por ter lhe dado crédito em todas as canções, diferente de alguns artistas com quem trabalhou.

Além dos elogios, o amigo e produtor de Justin revelou que o cantor já começou a gravar o seu próximo álbum, mas fez mistério sobre o lançamento, já que ainda tem muitos hinos para serem criados no estúdio.

Confira os trechos da entrevista em que Bieber é citado:

O documentário volta ao tempo desde o seu último hit, mas eu sinto que o trabalho que você fez, especificamente no “Purpose”, rendeu um bom tempo extra e um bom respeito extra na indústria.

 

Poo Bear: Mil por cento. Eu concordo com você nisso. Esse projeto estava guardado em contagem regressiva para ser lançado, eu acho que estava lá apenas por esse motivo. Apenas para adicionar um pouco mais de interesse ao filme. Eu estive compondo. Teve épocas em que eu fiquei um ano e meio, dois anos, sem ter um hit no rádio. Não era que minha carreira estivesse acabada, mas, eu estava trabalhando em novos álbuns e não era eu cantando quando a música era lançada. Na realidade, sim, o que eu acabei de fazer com o “Purpose” definitivamente me deu muito mais margem para ser mais que um compositor médio, já que eu escrevi 16 das 19 canções e teve um sucesso muito grande. Agora, graças a Deus eu tenho a música número um e número dois no país com DJ Khaled, e Chance e Justin ("I’m The One"). E eu tenho a música número dois com "Despacito" com Daddy Yankee. Então é legal, porque eu sou abençoado por ter a música número um e número dois novamente. Não importa, desde que você esteja trabalhando duro e plantando as sementes certas no solo certo, no lugar certo. Pode ser em um ano, pode ser em dois anos. Se Deus quiser, algo brota. Uma árvore brota com frutos.

 

Agora você é muito requisitado, mas você está descobrindo que as pessoas estão querendo trabalhar com você para terem o seu sucesso que você teve com alguém como Justin, e isso é possível sem ter uma conexão mais profunda com um artista?

Poo Bear: Sim. Eu tenho que definitivamente ser capaz de ter um vínculo para levar uma quantidade significativa de tempo com eles. Eles tentam repetir [o mesmo sucesso com o Justin], mas apenas no sentido de ter uma ou duas canções enquanto eu estou produzindo todo o álbum, porque muitas pessoas não têm o orçamento para me contratar para fazer todo o álbum. Mas falamos sobre isso. É preciso muito. É preciso muita energia. A única pessoa com quem eu estou realmente focado e fazendo um trabalho é Justin. Estamos literalmente de volta a gravação, terminando o próximo álbum agora. Mesmo quando as pessoas vêm a mim, mesmo que tenham o orçamento, não é realmente sobre o dinheiro. É sobre como me sinto e como posso me conectar com o artista. Para mim, Justin é um dos artistas mais leais com quem já trabalhei. Então eu meio que continuei fazendo projetos inteiros com meu mano Justin.

 

A que distância do álbum vocês estão?

Poo Bear: Estamos trabalhando. Estamos trabalhando duro para fazer um novo álbum incrível e estou animado. Eu não posso esperar para o mundo ouvir este próximo passo.

 

Estou pronto.

Poo Bear: Vai fazer dois anos em novembro [desde o lançamento do ‘Purpose’]. Ele está em turnê há um ano e meio. Não parece, mas naturalmente está na hora de outro álbum ser lançado muito em breve.

 

Várias coisas foram lançadas, especialmente durante esse álbum [“Purpose”], você realmente recebeu créditos como o cara por trás do Justin Bieber 2.0, mas como isso mudou sua vida?

Poo Bear: Ele é o primeiro artista com quem eu trabalhei em 22 anos que realmente disse o meu nome na frente das pessoas. Ele é muito querido. Eu nunca tive isso antes, como um compositor. Eu me acostumei a ficar em segundo plano. Estou acostumado a conseguir ter minha composição lançada, mas no que diz respeito à obtenção do crédito que mereço... a maioria dos artistas com quem trabalhei antes, eles só queriam que parecesse que pensaram nisso [na música] sozinhos. Eu me acostumei com isso. Mas Justin foi o único artista a realmente ir nestas campanhas de diferentes rádios e sempre que as pessoas perguntavam quem fez [a música], ele dizia que ele fez “o álbum com o Poo Bear”. Isso mudou minha vida porque as pessoas não sabiam que eu existia antes do “Purpose”. Eu escrevi uma série de hits, que foram lançados e cresceram, mas nenhum dos artistas mencionaram o meu nome em um artigo ou entrevista. Então Justin mudou minha vida porque ele simplesmente trouxe luz para mim e deixou o mundo saber que eu fiz essas canções com ele. Ele só quer que todos saibam. É por isso que eu o aprecio tanto, porque ele não tinha que fazer isso e ele poderia ter escolhido qualquer compositor para trabalhar. Ele é Justin Bieber. Então, o fato dele ser leal e dele dizer o meu nome, ele só abriu o mundo para mim. Não foi algo que eu realmente pedi. É sempre a sensação de, cara, eu gostaria que as pessoas tivessem uma idéia de que eu tive algo a ver com seu sucesso, mas eu estava tão acostumado a não receber crédito, tipo, crédito verbal, que estava apenas tudo bem pra mim. Enquanto eu puder cuidar da minha mãe, da minha família e das pessoas que amo, não me importo. Eu não quero ser famoso. Então Justin veio e ele foi o primeiro artista a mencionar literalmente meu nome e ele ainda menciona meu nome e publica fotos e diz as coisas mais lindas do mundo. Então isso definitivamente mudou minha vida, apenas o fato das pessoas saberem que eu existo.

 

Qual de suas músicas você vai ouvir na rádio e pensar consigo mesmo, "Porra, essa é uma música realmente boa"?

Poo Bear: "Where Are Ü Now".

 

Essa é uma música boa, e eu gostei que você não tenha hesitado [compor] também. Eu aprecio isso.

Poo Bear:  Esse álbum teve um significado muito grande na minha vida com as pessoas que não eram realmente fãs do Justin e da mídia que tocava, e então quando esse álbum saiu com Skrillex e Diplo realmente deu certo. Apenas mudou tudo. Era a música de retorno do Justin. Quando eu ouço, eu fico tipo, 'Uau, essa música é muito boa'. E eu fiz um monte de ótimas músicas, mas essa tem um significado muito maior para mim.

  • 28
  • Abr

Nesta sexta-feira (28 de Abril), foi lançado em todas as principais plataformas de mídia o novo single de DJ Khaled, “I’m The One”. O áudio está disponível no iTunes e Spotify e o videoclipe no Youtube para deleite dos fãs de Justin Bieber, que entrou na parceria com Khaled.

A faixa de DJ Khaled está repleta de participações especiais. O single pop com inflexões de música jamaicana, "I'm the one" conta mais três astros do primeiro time do rap: Chance The Rapper, Lil Wayne e Quavo do grupo Migos.

Assista “I’m The One” no player abaixo:

O clipe de “I’m The One” foi gravado em 27 de fevereiro deste ano, inicialmente gravado como um vídeo “super secreto”, semanas depois o mistério foi revelado e o nome do single e data de lançamento finalmente estavam confirmados.

Durante as gravações do videoclipe Khaled ainda comentou: “mais história está sendo feita. Eu prometo que vou quebrar tudo no meu 10º álbum de estúdio”. Se depender dos fãs de Bieber juntamente com os de Khaled e os outros colaboradores, “I’m The One” será um verdadeiro sucesso.

Adquira a música no iTunes (aqui) e reproduza no Spotify (aqui).

  • 20
  • Abr

Nesta quarta-feira (19 de Abril), aconteceu a 20ª edição do Canadian Radio Music Awards (CRMA), evento considerado o "auge das premiações  da música canadense", e Justin Bieber, que é natural de London, Ontário, recebeu dois prêmios como intérprete musical.

O jovem de 23 anos que é atualmente a maior personalidade canadense e também o maior músico do país, recebeu o prêmio na categoria Canção do Ano com "Love Yourself" e o prêmio “Charttopper” por seu sucesso nas paradas musicais no Canadá.

As categorias que Justin Bieber concorreu e venceu teve seus vencedores escolhidos por um seleto grupo de jurados que avaliaram os músicos canadenses que mais se destacaram nas rádios no último ano.

Página 3 de 16


Curta o Bieber Mania Brasil no Facebook e receba nossos posts em sua timeline diariamente!


COMPARTILHE: 


comente!

BIEBER MANIA BRASIL

O Bieber Mania Brasil é a sua fonte número 1 e a maior sobre o cantor Justin Bieber na América Latina. Fundado em 2010, o fã site realiza um trabalho voluntário para apoiar a carreira do astro canadense e manter os fãs informados e mais próximos do cantor. Confira notícias completas diariamente em nosso site ou redes sociais.

PARCEIROS

 

   

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree